Você sabe o que significa ‘home staging’? Já viu o termo em revistas de decoração ou em conversas informais ou formais do mercado imobiliário? Talvez já tenha ouvido aquele arquiteto da TV falando sobre isso ou, quem sabe, aquela decoradora famosa do Instagram…?

Pois hoje, quero ‘conversar’ com você sobre isso, explicar de maneira bem simples o que é, afinal, ‘home staging’. Se fôssemos traduzir do inglês para o português, no sentido literal, não faria muito sentido, pois ‘home’ significa ‘casa’ e staging’ encenação. A expressão surgiu nos Estados Unidos na década de 70, a corretora imobiliária Barb Schwarz criou a definição após perceber que algumas alterações no imóvel podem causar um impacto positivo muito maior no comprador, a prática de certos artifícios para melhorar a aparência dos ambientes agregava valor ao imóvel, o que fazia com que ele fosse vendido em um prazo mais curto e com um preço maior do que inicialmente valeria. 

O conceito define um tipo de serviço cada vez mais comum e requisitado no mercado de imóveis: a arrumação e organização de um imóvel antes de apresentá-lo aos interessados. A ideia é potencializar os pontos fortes do imóvel, uma preparação rápida, tornando-o mais vendável. O  home staging tem três pilares: estratégia de marketing, design de interiores e boas noções do mercado imobiliário. 

Afinal, quem não quer causar uma boa impressão ou passar uma imagem positiva de algo? Quando vemos imagens de imóveis para vender ou alugar, sempre reparamos na decoração ou no cuidado aparentado pelo ambiente, e se não há esse cuidado, já nos desinteressamos e pulamos para outro…

Pois é aqui que entra o “ home stager”, um  profissional que acrescenta  não só valores monetários, mas também sentimentais aos ambientes. 

O serviço de ‘home staging’, como tantos outros, surgiu na esteira do desenvolvimento tecnológico que levou o  mercado imobiliário a criar serviços diferenciados para sua clientela. 

Imagine alguém que queira vender uma casa e tire fotos a esmo, sem se preocupar com a organização, limpeza etc. e coloque na internet sem nenhum cuidado? Você acha que este imóvel será bem avaliado?

Agora, imagine o oposto: alguém que, antes de fotografar, se preocupe em organizar os ambientes, em verificar se há imperfeições? 

Pensando de forma mais profissional: qualquer tipo de imóvel, não importa se grande, médio ou pequeno; se no campo ou na cidade, pode se beneficiar da prática do ‘home staging’. 

Se você quer preparar o seu imóvel , deixá-lo mais atrativo para venda ou locação entre em contato com a equipe da Spazhio Croce Arquitetura estas são uma das soluções que oferecemos dentro da arquitetura de interiores para offices, home offices e projetos residenciais.