O isolamento social, devido a pandemia do novo coronavírus, impôs novos hábitos e muitas mudanças e entre estas mudanças podemos destacar a importância e o status que o lar ganhou.

Hoje ele é o lugar prioritário, um refúgio onde exercemos praticamente todas as nossas atividades: trabalho, lazer, e família. Tudo está centralizado em casa e mesmo com a descoberta da vacina contra a Covid-19 e o fim do distanciamento, ainda sim o mundo estará inclinado para as atividades home-office.

O Novo Normal é um espaço multifuncional, pensado para acolher mais pessoas por mais tempo e apto para diversas atividades.

Na escolha dos móveis o quesito principal será versatilidade, um móvel que possa ter mais de uma utilidade bem como pode ser fechado e guardado para que o mesmo cômodo sirva para fins diferentes.

O ideal é trabalhar com mini armários, gavetas, em que seja viável guardar os objetos de trabalho quando esse espaço mudar de função.

Um exemplo é o quarto das crianças que agora também é o espaço da escola, é preciso guardar os brinquedos e usar o material escolar de maneira a educar os pequenos e incentivar a concentração.

O “Novo Normal”, portanto, requer administração e ordem, pois além das atividades todos os membros da família estão centralizados no mesmo espaço e isso irá exigir uma nova rotina.

Porém, na mesma estrutura, não é tarefa fácil! Sendo assim, seguem algumas dicas que podem facilitar esse “Novo Normal”:

Faça uma boa triagem em seu armário, pois o novo normal carrega com ele o tempo de selecionar, desapegar e doar.

Com a mudança de estação priorize as peças de frio, deixe-as nos locais de mais fácil acesso e, deste modo, você evitará a bagunça ao procurar alguns itens, principalmente os mais utilizados.

Neste momento, de um ‘novo normal’, os itens de organização e de decoração devem respeitar o conceito “menos é mais”, assim o ambiente fica mais funcional e respeitoso para todos.

Afinal, os excessos e inutilidades domésticas, como nunca, irão incomodar.